SIA Trecho 3, Lotes 2010/2020, Edifício Paes de Andrade & Galpão anexo - Guará - Brasília/DF contato@ipredencao.org

História

Visão & História da IPRedenção

O desejo de plantar uma nova igreja é um sonho que foi nutrido e amadurecido no coração da Igreja Presbiteriana Semear desde a sua fundação em 2012. Ela própria foi criada no entendimento de que o povo de Deus possui um singular privilégio e vocação para plantar igrejas, visando à disseminação da semente do Evangelho. Quando olhamos para a cidade de Brasília, vemos um enorme campo missionário, com incontáveis oportunidades para os santosde Deus. Logo somos lembrados da dimensão profunda e abrangente das palavras de Jesus aos seus discípulos quando falou da branquidão dos campos e que o Senhor da seara convoca seus trabalhadores para a ceifa (João 4.35).

Em 22 de julho de 2013, o Conselho da IPSemear, em sua reunião ordinária, refletiu sobre o aumento do número de membros e visitantes da igreja àquela época e, consequentemente, sobre o aumento da demanda por atenção pastoral. O Senhor já estava confirmando nos corações do Rev. Emílio Garofalo e demais presbíteros a necessidade de preparar mais oficiais para o plantio de novas congregações, reavivando aquele sonho antigo. Assim, em outubro daquele mesmo ano, foi aprovado o convite ao então seminarista Matheus Inácio para que, no ano seguinte, se juntasse à equipe pastoral da Semear, visando a futura plantação de igreja. O “aceite” foi firme e sorridente! Após retorno do tempo de estudos no exterior, em maio de 2014, Matheus e sua esposa Débora logo começaram a servir entre os “semeadores”. O Presbitério de Brasília o ordenou ao ministério pastoral ao término do ano.

Alguns meses depois, em abril de 2015, o Conselho designou o Presb. Cláudio Cruz para encabeçar e supervisionar oficialmente a proposta de planejamento da nova congregação. O Park Sul já se apresentava como uma oportunidade interessante, uma vez que o presbítero e sua família planejavam se mudar para aquela região. Assim, junto com o Rev. Matheus e, posteriormente, com o auxílio do Presb. Charles Grimm também, começou-se a sondagem e conversa com os membros da Semear que estivessem possivelmente interessados no projeto, de olho no início dos trabalhos em janeiro de 2016. Ao longo dos meses muitos começaram a se movimentar, especialmente entre as famílias que residiam em localidades mais próximas à futura congregação. Entre estes haviam também vários jovens universitários, sedentos por aprender e desejosos de servir ao Senhor no contexto de um trabalho pioneiro. Além disso, alguns diáconos e aspirantes também se comprometeriam a apoiar o novo projeto juntamente com suas famílias.
Assim, com grande entusiasmo e disposição por parte do grupo inicial, deu-se início à nova congregação com culto inaugural no dia 03 de janeiro de 2016, no salão de eventos do Hotel
Blue Tree Jade, sob a sempiterna providência e bênção do Senhor. E desde então as graciosas operações divinas não cessaram em nosso meio! Mantendo o foco na pregação expositiva e cristocêntrica semana após semana, com alternância dos pastores da Semear no púlpito, a congregação experimentou um surpreendente crescimento numérico logo nos primeiros meses, com a chegada de todo tipo de gente: adultos, jovens, idosos, alguns antigos na fé, outros bem novinhos.  

Na Escola Dominical temos tratado das marcas de uma verdadeira igreja, bem como identidade presbiteriana e princípios de cosmovisão reformada. Tudo visando a sedimentação espiritual das novas ovelhas. As turmas de catecúmenos têm estado sempre movimentadas, com almas ávidas por conhecer a lei do Senhor e seus caminhos. A maior parte das atividades semanais regulares—como grupos familiares, discipulados e reuniões de sociedades internas—continuou sendo realizada em parceria com a Sede, o que contribuiu substancialmente para o fortalecimento e consolidação do grupo. Novos trabalhadores têm sido sendo treinados para o serviço intra e extra-eclesiástico, nas mais diversas capacidades. Teve até turma de estudos apologéticos, para melhor equipar os jovens universitários para os seus desafios cotidianos.

E à medida que fomos nos envolvendo em piqueniques no Parque da Cidade, retiros na fazenda da D. Leni e acampamentos de federação de mocidade, o amor e o espírito fraterno dos irmãos foi aumentando com o decorrer do tempo. Isso sem falar no frisbee de sábado à tarde! Em tudo temos observado, com puro deleite, o Espírito Santo realizar sua bela e soberana obra de santificação em nosso meio. Algo que nos faz lembrar o registro inspirado do médico Lucas ao descrever o espírito da igreja de Atos: “Em cada alma havia temor” (At. 2.43).

Tal qual a igreja que a gerou, a Igreja Presbiteriana Redenção também almeja ser uma congregação de santos que participa na semeadura e na colheita de vidas, para a glória de Deus. Atualmente estamos localizados geograficamente na região do SIA. Entendemos que o Senhor nos colocou ali para servi-Lo com toda alegria e vigor, buscando somar esforços com aqueles que já têm anunciado as boas-novas da cruz nesta região e contribuir para o florescimento espiritual desta comunidade. Sobretudo, queremos fazer o nome de Cristo conhecido e sermos encontrados fiéis na obra que Ele nos tem confiado. Não para louvor do nosso nome, mas tão somente para a reputação da glória do Deus triúno, em quem temos depositado nossa confiança e esperança. Que o Senhor nos capacite a perseverar diariamente unânimes na Palavra, participando nos meios de graça com alegria e singeleza de coração,  louvando a Deus e contando com a simpatia de todos os que se achegam a nós. E que Ele mesmo nos acrescente, dia a dia, os seus eleitos.